Nessa semana o rapper Xamã lançou o álbum “Pecado Capital”, primeiro álbum solo do mesmo. Uma das faixas com participação do grupo Costa Gold:

Ela conta com um verso fazendo apologia ao estupro, na linha o integrante do Costa Gold, Nog, diz: Deixa ela dormir que se ela virar eu como, boto o cano na goela e atiro gozo! (Segue a foto do lyric).

Esse som gerou muita revolta, não era pra ser diferente.
Hoje (23) a rapper Taz Mureb lançou uma diss para o Nog, reafirmando o que já era pra se ter noção!
Ela chegou com versos fortes e diretos: “Quem é nog na história da arte.
Apologia ao estrupo não é discurso pra tá na boca de mc.
Se a mina deitar e virar pro lado, otário, tu deixa dormir.”